publicidade

PUMA expande sua inovação em reciclagem têxtil ao adotar a tecnologia RE:FIBRE

A partir de 2024, a tecnologia RE:FIBRE será incorporada em todos os uniformes de clubes e seleções de futebol patrocinados pela PUMA, substituindo o poliéster reciclado nas réplicas de camisas
Reprodução: Site Puma
Reprodução: Site Puma

A PUMA, uma das principais empresas esportivas, divulgou uma expansão de sua inovação em reciclagem têxtil, RE:FIBRE. A partir de 2024, a tecnologia RE:FIBRE será incorporada em todos os uniformes de clubes e seleções de futebol patrocinados pela PUMA, substituindo o poliéster reciclado nas réplicas de camisas.

Desde o lançamento do programa piloto em 2022, que incluiu a produção de roupas de treino recicladas para times de futebol parceiras da PUMA, a tecnologia RE:FIBRE foram utilizadas para criar réplicas dos uniformes da Suíça e Marrocos para a Copa do Mundo Feminina, além do terceiro uniforme do Girona na temporada 2023/24. 

Em 2024, as camisas oficiais de futebol da PUMA, incluindo as da Eurocopa e Copa América, serão fabricadas com materiais reciclados RE:FIBRE, provenientes de roupas velhas e resíduos de fábrica, em uma mudança significativa em relação à dependência anterior de garrafas plásticas recicladas.

A tecnologia RE:FIBRE da PUMA representa um compromisso em lidar com o desafio dos resíduos têxteis, oferecendo uma solução de reciclagem de longo prazo. Além de enfrentar essa questão, a tecnologia RE:FIBRE busca diversificar a principal fonte de poliéster reciclado na indústria da moda, diminuindo a dependência de garrafas plásticas transparentes.

O processo RE:FIBRE possui quatro etapas: 

  • Colete e classifique: Resíduos têxteis e outros materiais são coletados e classificados, incluindo produtos defeituosos.
  • Rasgue e misture: Os materiais coletados são triturados e misturados minimamente.
  • Dissolver, filtrar e polimerizar: O poliéster triturado é derretido e purificado dos corantes anteriores por meio de um processo de reciclagem química.
  • Derreta, gire, recorte e costure: Os polímeros recém-produzidos são fundidos para serem fiados e costurados, criando um tecido RE:FIBRE que pode ser reciclado continuamente.

A marca alemã intensifica seus investimentos em processos de fabricação eficientes em termos de recursos, visando reduzir os resíduos no setor.

Anne-Laure Descours, Diretora de Fornecimento da PUMA, destacou: “Nosso desejo é que 100% do poliéster de nossos produtos seja proveniente de resíduos têxteis. O acúmulo desses resíduos em aterros sanitários representa um risco ambiental. Repensar a forma como produzimos e avançar para um modelo de negócio mais circular é uma das grandes prioridades da nossa estratégia de sustentabilidade.”

A fim de tornar o processo técnico do RE:FIBRE mais acessível ao consumidor, a PUMA utilizou imagens geradas por computador para narrar visualmente o processo, desde a coleta até a criação.

Esse tipo de comunicação surge em resposta à pesquisa realizada pela PUMA, indicando que 71% da juventude sente que suas vozes não estão sendo ouvidas em questões ambientais. Esses jovens expressaram o desejo de ver as marcas assumindo mais compromissos, comunicando melhor seus objetivos e sendo mais transparentes.

Como parte desse compromisso de comunicação aprimorada, a PUMA lançou o podcast RE:GEN REPORTS em junho de 2023, buscando tornar as informações de seu Relatório de Sustentabilidade mais acessíveis a geração Z.

O trabalho contínuo da PUMA na área de sustentabilidade é evidenciado pela melhoria em sua classificação no Índice de Sustentabilidade Global 100 da Corporate Knight, subindo da 77ª para a 47ª posição. 

Confira o anuncio oficial.

Compartilhe:

publicidade

O Sports MKT é um grupo de comunicação especializado em negócios no esporte e marketing esportivo. Nosso propósito é entregar notícias e análises diárias sobre o mercado esportivo nacional e internacional.  Informar e inspirar nossos leitores sobre negócios no esporte.

Nota do editor: os textos, fotos, vídeos, tabelas e outros materiais iconográficos publicados no espaço “opinião” não refletem necessariamente o pensamento do Sports MKT, sendo de total responsabilidade do(s) autor(es) as informações, juízos de valor e conceitos divulgados.

POST RECENTES

Polêmica na distribuição de ingressos para a final da Liga Europa no Aviva Stadium
Brentford FC inova com tecnologia de dados em seu estádio
Stuttgart celebra modernização da MHP Arena
Umbro e Santos revelam uniformes para 2024 com homenagem à Vila Belmiro
Vasco anuncia novo uniforme para a temporada 2024 com homenagem a Roberto Dinamite
Premier League terá novas regras financeiras após votação unânime dos clubes