publicidade

Maradona, o jogador que virou milionário após sua aposentadoria

O argentino tornou-se milionário com contratos de publicidade
Reprodução: Instagram Maradona
Reprodução: Instagram Maradona
[category_info]

Hoje, celebraríamos o 64º aniversário de Diego Armando Maradona, um dos maiores ícones do futebol mundial. Sua jornada, entretanto, transcende os gramados, revelando uma narrativa complexa de sucesso financeiro, adversidades pessoais e um legado que vai muito além das conquistas esportivas.

Origens Humildes e Desafios Financeiros:

Nascido e criado em Villa Fiorito, uma periferia de Buenos Aires, Maradona enfrentou dificuldades financeiras desde jovem. Em uma entrevista ao jornal argentino Clarín, revelou ter passado por períodos de fome, dias sem comida. Essa experiência moldou sua resiliência e determinação, características que mais tarde seriam fundamentais em sua carreira.

Reprodução: Instagram Maradona

Ascensão no Futebol:

O talento de Maradona foi descoberto aos oito anos, e dos 16 aos 21 anos, ele brilhou no Argentinos Juniors. Em 1981, sua carreira deu um salto significativo ao ser contratado pelo Boca Juniors por US$100 mil e, no ano seguinte, transferir-se para o Barcelona, na Espanha, pelo valor de U$8 milhões. O ápice veio em 1986, aos 26 anos, quando liderou a Argentina à vitória na Copa do Mundo.

Reprodução: Instagram Maradona

O Napoli e as Glórias Italianas:

Transferindo-se para o Napoli em 1984, Maradona cobrava cerca de 800 mil dólares de luvas, um milhão por publicidade e 400 mil por partida amistosa. Maradona deixou sua marca, conduzindo o time italiano a dois títulos nacionais e à sua única conquista na Copa UEFA. Contudo, essa fase também trouxe desafios financeiros, incluindo uma dívida de 37 milhões de euros por impostos não pagos, resultando em conflitos legais na Itália.

Reprodução: Instagram Maradona

Vida Financeira:

Maradona não se tornou milionário como jogador. Seu patrimônio líquido é estimado em US$100 milhões de acordo com o Terra. Sua fortuna foi construída principalmente através de contratos de mídia, publicidade e sua carreira como técnico. Propagandas, participações em programas de TV e contratos com marcas como Puma contribuíram para sua estabilidade financeira.

Reprodução: Instagram Maradona

Técnico e Empresário:

Sua incursão como técnico, iniciada em 2008 com a seleção argentina, acrescentou outra dimensão à sua vida profissional. Passagens por times nos Emirados Árabes Unidos, México e Bielorrússia trouxeram salários substanciais, carros de luxo e até mesmo um anel de brilhantes.

Reprodução: Instagram Maradona

Legado Publicitário:

A rivalidade histórica entre as seleções de futebol do Brasil e da Argentina não ficou restrita aos campos de jogo. Diego Maradona, além de ser uma lenda esportiva, também emprestou sua imagem icônica a diversas campanhas publicitárias, muitas delas marcadas por humor e ousadia.

Durante a Copa do Mundo de 2006, Maradona surpreendeu ao vestir a camisa da seleção brasileira em um comercial de refrigerante. Ao lado de estrelas como Kaká e Ronaldo, o argentino entoava o hino nacional brasileiro com seu característico sotaque portenho. O desfecho, onde acorda assustado vestindo a camiseta argentina, provocou risadas e polêmica, mas Maradona, fiel a seu estilo, afirmou não ter arrependimentos. O argentino revelou que recebeu US$150 mil para essa propaganda.

Créditos: Guaraná Antarctica 

Em 2014, a campanha do BomNegócio.com trouxe Maradona à cena, dando vida a uma poltrona. Provocando torcedores brasileiros durante um jogo do Brasil, o ex-jogador lançou frases como “Nosotros somos los mejores del mundo” (Nós somos os melhores do mundo) antes de desaparecer quando a poltrona é vendida. Uma abordagem ousada que viralizou nas redes sociais. Os valores não foram divulgados.

Créditos: Bom Negócio

A marca de luxo Louis Vuitton reuniu Maradona, Pelé e Zidane em uma campanha de 2010. O trio jogando pebolim, com Maradona como mediador, adicionou um toque de glamour e mistério à publicidade, deixando o público em suspense sobre quem sairia vitorioso. Os valores não foram revelados.

Créditos: Louis Vuitton 

Na Copa do Mundo de 1982, a Coca-Cola aproveitou a crescente fama de Maradona para promover o torneio na Argentina. Os valores não foram divulgados.

Créditos: Coca-Cola

Em 1984, um comercial do McDonald’s mostrou o ex-jogador desfrutando descontraidamente de um hambúrguer ao lado de um admirador mirim. As campanhas destacavam não apenas a excelência no futebol, mas também a autenticidade e carisma de Maradona. Os valores não foram divulgados.

Créditos: McDonald’s

Maradona, ao emprestar sua imagem a marcas globais, elevou a rivalidade futebolística a um patamar de entretenimento e humor. Seja vestindo camisas rivais ou protagonizando comerciais inusitados, sua presença nas campanhas publicitárias destacou não apenas sua genialidade nos campos, mas também seu apelo atemporal e sua capacidade única de encantar públicos ao redor do mundo. Os valores não foram divulgados

Maradona soube capitalizar sua fama como garoto propaganda. Desde as entrevistas durante a Copa da Rússia, onde cobrava cerca de US$20 mil por participação.

Desafios Pessoais e Disputas Familiares:

A vida pessoal de Maradona foi marcada por lutas contra vícios em álcool e cocaína, afetando sua saúde e finanças. Disputas familiares sobre herança, incluindo ameaças de deserdar suas filhas, adicionaram complexidade ao seu legado.

 Um Legado Além dos Campos:

Diego Maradona, o “menino de ouro” da Argentina, deixou um legado multifacetado. Sua história transcende o futebol, revelando uma jornada marcada por triunfos, derrotas, resiliência e uma habilidade notável para transformar sua fama em oportunidades de negócios.

A vida financeira de Maradona é cheia de contratos, sucessos e desafios. Seu impacto vai além das jogadas memoráveis nos campos; é uma narrativa que reflete a complexidade de equilibrar a fama e a fortuna fora dos holofotes do futebol.

Compartilhe:

publicidade

Victor Boscato, 21 anos, jornalista, atua no mercado esportivo há 3 anos. Trabalhou como redator do Denarius e São Paulo Para Crianças.Trabalha na Neo Brands atualmente e atua como estagiário dessa agência de publicidade brasileira com foco em marketing esportivo.

Nota do editor: os textos, fotos, vídeos, tabelas e outros materiais iconográficos publicados no espaço “opinião” não refletem necessariamente o pensamento do Sports MKT, sendo de total responsabilidade do(s) autor(es) as informações, juízos de valor e conceitos divulgados.

POST RECENTES

New York Jets revela nova identidade visual
New York Jets revela novos uniformes "Legacy Collection" para a temporada 2024
Fórmula 1 anuncia retorno do GP da Austrália como corrida de abertura na temporada de 2025
Arsenal e PRIME lançam garrafa personalizada
Polêmica na distribuição de ingressos para a final da Liga Europa no Aviva Stadium
Brentford FC inova com tecnologia de dados em seu estádio