publicidade

Jogadores que romperam com a Nike e fecharam com concorrentes

A mudança de grandes astros do futebol da Nike para outras marcas reflete uma nova era
Nike
Reprodução: Instagram Neymar

Nos bastidores do mundo do futebol, uma reviravolta está ocorrendo à medida que um número significativo de grandes jogadores decide romper os laços com a Nike. Essa tendência recente tem levantado questões sobre as dinâmicas as mudanças nas preferências dos atletas em relação às marcas esportivas, e da própria Nike em relação ao esporte.

A Nike, uma das maiores empresas de artigos esportivos do mundo, sempre foi uma escolha popular entre os jogadores de futebol. No entanto, nos últimos tempos tem se observado um movimento significativo de jogadores que buscam trocar suas parcerias comerciais. Marcas concorrentes, como Adidas, Puma e outras, têm investido agressivamente para atrair talentos de renome, oferecendo contratos mais atraentes e oportunidades de colaboração exclusivas.

Confira a lista de jogadores que recentemente saíram da Nike e fecharam com empresas concorrentes:

Arte: Sports MKT

Em 2019 2019 a Nike, em conjunto com a Copa do Mundo Feminina de 2019, anunciou uma mudança estratégica em sua abordagem declarando um aumento no foco no futebol feminino e um compromisso mais amplo com outros esportes, o que pode ser uma explicação para a Nike seguir sendo muito forte, porém estar com cada vez menos times e jogadores.

Destaque especial para o fim da relação entre Nike e Neymar, já que o jogador tinha um contrato com a marca desde os 13 anos de idade, ainda nas categorias de base do Santos. Vale lembrar que o rompimento se deu devido ao astro brasileiro ter se recusado a colaborar com uma investigação aberta sobre um possível assédio sexual contra uma funcionária da empresa. O caso não foi pra frente devido ao fato da própria Nike não ter achado nada conclusivo nas investigações.

Com a saída de diversos jogadores e grandes equipes do futebol mundial, fica clara uma mudança de abordagem da Nike para com o esporte.

Compartilhe:

publicidade

Gustavo da Costa Viana, 20 anos, estudante de jornalismo. Trabalha na Neo Brands atualmente e atua como estagiário da agência de publicidade brasileira com foco em marketing esportivo.

Nota do editor: os textos, fotos, vídeos, tabelas e outros materiais iconográficos publicados no espaço “opinião” não refletem necessariamente o pensamento do Sports MKT, sendo de total responsabilidade do(s) autor(es) as informações, juízos de valor e conceitos divulgados.

POST RECENTES

Vitória do Bayer Leverkusen mostra que há luz no fim do túnel do futebol
New York Jets revela nova identidade visual
New York Jets revela novos uniformes "Legacy Collection" para a temporada 2024
Fórmula 1 anuncia retorno do GP da Austrália como corrida de abertura na temporada de 2025
Arsenal e PRIME lançam garrafa personalizada
Polêmica na distribuição de ingressos para a final da Liga Europa no Aviva Stadium