publicidade

Jannik Sinner e a revolução na comunicação com marcas

A ascensão meteórica do tenista Italiano, da vitoriosa conquista no aberto da austrália à revolução na comunicação de marcas
Reprodução: Instagram Jannik Sinner
Reprodução: Instagram Jannik Sinner

O italiano Jannik Sinner, de 22 anos, venceu o Aberto da Austrália e agora é classificado como o (4º) melhor jogador do planeta.

Nós, profissionais de marketing, analisamos como os jogadores se comunicam e o que comunicam.

Duas coisas chamam minha atenção.

1. Como Jannik e Gucci conseguiram levar a marca a um novo patamar.

2. Em seu Instagram e Reddit como ele comunica o logotipo de sua marca pessoal e o explica.

Quando criança, Sinner foi apelidado de ‘A Raposa’ na escola, por isso a estrela do tênis usou o animal como seu logotipo.

Reprodução: Storie Jannik Sinner

As orelhas representam as montanhas, onde o italiano passou a maior parte do tempo esquiando durante a infância.

No meio, os fãs poderão ver a letra ‘S’ do logotipo, que representa seu nome, Sinner.

Abaixo do ‘S’, os fãs também poderão ver a letra ‘J’. Tal como o ‘S’, o ‘J’ representa o seu nome, Jannik.

O logotipo foi lançado há dois anos como parte de um projeto para ajudar a GENZ com problemas mentais.

Apesar de ser embaixador da NIKE e da ROLEX, as marcas também fizeram parte da sessão de fotos no Jardim Botânico de Melbourne.

Reprodução: Instagram Jannik Sinner

Seu cardigã Gucci, um cardigã de lã tricotado com o logotipo G entrelaçado, atraiu muito interesse. Tanto que quando procuramos em sites ele está esgotado em sites como Farfetch Brasil ou nos EUA. Os fãs podem se inscrever para receber um lembrete por e-mail quando ele estiver novamente em estoque. No entanto, ainda está disponível no site oficial da Gucci por R$14.500 (US$2.900).

Os  fans na Europa podem comprá-lo na Farfetch a partir de 1.912€.

Sinner tornou-se embaixador da casa Gucci, uma das marcas mais reconhecidas da Itália, em 2022, com apenas 20 anos. Mais de um ano depois, ela ganhou manchetes ao revelar uma bolsa Gucci em Wimbledon 2023. A bolsa personalizada marrom e dourada com alças verdes e vermelhas, coberta pelo icônico monograma GG, viola claramente as regras do torneio por ser toda branca. O All England Club é famoso por suas regras rígidas de vestimenta e cores.

Reprodução: instagram Jannik Sinner

No entanto, a bolsa não branca de Sinner só foi permitida depois que a Gucci fez grandes esforços para obter todas as licenças necessárias. Um porta-voz da marca de luxo disse que obteve a aprovação dos organizadores da ITF, ATP e Wimbledon (via TalkSport). Sinner falou de seu respeito pela norma tradicional totalmente branca, mas elogiou a Gucci por combinar tradição com inovação.

“Para mim, a Gucci representa a excelência italiana no mundo, uma excelência que está enraizada tanto na tradição como na inovação. “Este é o tipo de mensagem que tenho orgulho de transmitir quando represento o meu país, onde quer que esteja no mundo.”

Ela carregou a sacola durante todo o torneio e continuou a usar mochilas personalizadas da Gucci na quadra.

Fã do AC MILAN e da Fórmula 1, as marcas não desperdiçam esse grande jogador para adicioná-lo à sua comunicação, ele é diferente de todos no circuito ATP.

Reprodução: Facebook F1
Reprodução: Instagram Milan

Jannik tornou-se hoje a voz daqueles atletas da GENZ que se con-fundem com as marcas, marcando tendências mas ao mesmo tempo com elevado sentido de consciência social pelas causas que defendem.

Compartilhe:

publicidade

Leonardo Neira Rubio, bogotano que encontrou seu lugar no mundo em Porto Alegre, RS. Executivo de Marketing com mais de 10 anos de experiência em mercados esportivos como colombiano, chileno, uruguaio, argentino e brasileiro. Formado em Administração de Empresas pela Escola de Administração de Empresas (E.A.N) na Colômbia e especialização em Marketing Esportivo pelo programa CIES FIFA ministrado na Universidade Católica da Argentina. Ex-gerente de conteúdos e customer success do Sport Club Internacional, em 2022 desenvolvedor e parte da equipe executora do projeto de marketing tecnológico Mundo Colorado do Inter, onde criei e desenvolvi o primeiro projeto DATA DRIVEN para um clube de futebol da AMÉRICA DO SUL através do modelo FAN CENTRIC. Atualmente diretor na DOBLE CINCO sport tech.

Nota do editor: os textos, fotos, vídeos, tabelas e outros materiais iconográficos publicados no espaço “opinião” não refletem necessariamente o pensamento do Sports MKT, sendo de total responsabilidade do(s) autor(es) as informações, juízos de valor e conceitos divulgados.

POST RECENTES

Polêmica na distribuição de ingressos para a final da Liga Europa no Aviva Stadium
Brentford FC inova com tecnologia de dados em seu estádio
Stuttgart celebra modernização da MHP Arena
Umbro e Santos revelam uniformes para 2024 com homenagem à Vila Belmiro
Vasco anuncia novo uniforme para a temporada 2024 com homenagem a Roberto Dinamite
Premier League terá novas regras financeiras após votação unânime dos clubes