publicidade

Especial Super Bowl 2024

O SuperBowl do próximo domingo já gera mais de US$1 bi em impacto econômico total
Super Bowl
Reprodução Twitter Super Bowl
[category_info]
5 fatores que comprovam seu gigantismo!

No próximo domingo ocorre a final da NFL, liga de futebol americano, o Super Bowl. O evento é considerado o maior Day Event do planeta, mesmo atingindo menos pessoas que uma final de Copa do Mundo, Champions League ou Jogos Olímpicos.

A NFL criou esse jogo único, ocorrendo sempre em locais diferentes, gerando um impacto incrível para a economia

O jogo deste ano será entre Kansas City Chiefs e San Francisco 49ers, e será realizado em Las Vegas, no moderníssimo Allegiant Stadium, com capacidade para 65 mil pessoas.

Reprodução: Instagram Allegiant Stadium

O valor da construção da arena inaugurada em 2020 foi de US$1.9 bi. O time da NFL que joga nesse estádio é o Las Vegas Raiders, que faz receitas anuais de bilheteria de US$130 milhões com o equipamento. Hoje traremos respostas a essa questão. Como a NFL transformou sua final em um grande espetáculo midiático e de entretenimento?

1. Impacto econômico total foi de US$ 1.3 bi em 2023

O Super Bowl de 2023 em Phoenix, Arizona, obteve o maior impacto econômico da história. As atividades de fan experience além do jogo receberam 300 mil pessoas. Segundo estudo da Research Institute at Arizona State University, o impacto econômico total foi de US$1,3 bi, sendo US$720 milhões diretamente para o PIB do estado. O maior impacto foi a vinda de mais de 102 mil visitantes de fora do estado para a semana do jogo. Foram US$221 milhões somente em impacto turístico. Deste total US$ 91 milhões diretamente no segmento hoteleiro ( +184% em relação ao ano anterior sem o evento).

Reprodução: Instagram State Farm Stadium
2. Mercado publicitário movimenta US$ 578 milhões

O Super Bowl é famoso por ter os 30 segundos mais caros da TV mundial. Já são US$7 milhões para cada inserção. As audiências dos intervalos comerciais geram muito buzz, audiências televisivas e impacto no digital. Esse volume todo de publicidade gera um volume total de US$ 578 milhões, de acordo com dados da Kantar.

Arte: Sports MKT
3. Receitas de bilheteria são as maiores do planeta

Os ingressos do Super Bowl atingem valores impensáveis, mesmo para as ligas mais caras do planeta. O valor médio é de quase 10 mil dólares por ticket.

Arte: Sports MKT

Pacotes corporate, ingressos vip há inúmeras opções para os gostos mais exigentes.

Arte: Sports MKT
4. Show do intervalo, o ponto alto da transmissão

Um ingrediente potentíssimo do Super Bowl é seu show do intervalo. Antes era patrocinado pela Pepsi, mas desde o ano passado é da Apple Music. O valor da cota de patrocínio é de aproximadamente US$50 milhões/ano.

O Show do intervalo tem mais audiência que a partida e sempre tem um nome potente do showbiz. O impacto nas plataformas digitais de música é absurdo. Esse ano será com o rapper Usher.

Segundo o Spotify, os streams de Jennifer Lopez aumentaram em 335% após o Super Bowl de 2020, enquanto os de Shakira subiram 230%.

De acordo com a Billboard, as músicas apresentadas por Shakira e J.Lo venderam 16.000 downloads digitais naquele dia, um aumento significativo em relação aos cerca de 1.000 do dia anterior. A Billboard também informou que as vendas de Lady Gaga aumentaram 1.000% após sua apresentação em 2017.

Conforme relatado pela Forbes, as vendas do álbum de Dr. Dre aumentaram 183% após o Super Bowl de 2022, e o álbum de Mary J Blige teve um aumento de 999%.

A Variety divulgou que os streams de Rihanna no Spotify aumentaram mais de 640% nos Estados Unidos, e seu sucesso “Bitch Better Have My Money” teve um aumento de mais de 2.600%.

5. Gastos dos americanos para ver o jogo chega a US$17 bi

O dado mais incrível do impacto do Super Bowl é o volume gerado na economia, por conta da audiência de mais de 100 milhões de americanos ao mesmo tempo. O gasto médio pode chegar aos US$85 por casa. O volume gerado em comida, bebida e adereços ultrapassa os US$17 bi em todo o país.

Arte: Sports MKT

Os americanos comerão nesse domingo 1,4 bi de asas de frango por conta da partida, sem falar em 12,5 milhões de pizzas.

Compartilhe:

publicidade

Amir Somoggi, 48 anos, diretor da Sports Value, especializada em marketing esportivo, gestão de clubes e valuation. Administrador de empresas formado pela ESPM -SP, especializado em Gestão Esportiva pela FGV-SP e pós-graduado em marketing esportivo pela Universidade de Barcelona, Espanha. Consultor de marketing e gestão esportiva com mais de 20 anos de experiência em projetos de planejamento estratégico, estruturação de estratégias de marketing e comunicação, branding, patrocínios/ativações, ROI com patrocínios, viabilidade econômico-financeira, desenvolvimento de business plan e Valuation de clubes. Profundo estudioso da Football Industry da Europa e sua aplicabilidade ao mercado latino-americano de futebol. Foco sempre foi a disseminação de conhecimento e defesa de boas práticas de gestão corporativa no esporte brasileiro Precursor no país das análises financeiras e de marketing dos clubes, com centenas de estudos publicados no Brasil e exterior.

Nota do editor: os textos, fotos, vídeos, tabelas e outros materiais iconográficos publicados no espaço “opinião” não refletem necessariamente o pensamento do Sports MKT, sendo de total responsabilidade do(s) autor(es) as informações, juízos de valor e conceitos divulgados.

POST RECENTES

Polêmica na distribuição de ingressos para a final da Liga Europa no Aviva Stadium
Brentford FC inova com tecnologia de dados em seu estádio
Stuttgart celebra modernização da MHP Arena
Umbro e Santos revelam uniformes para 2024 com homenagem à Vila Belmiro
Vasco anuncia novo uniforme para a temporada 2024 com homenagem a Roberto Dinamite
Premier League terá novas regras financeiras após votação unânime dos clubes