publicidade

Desafios Financeiros assombram a Major League Baseball 

A Major League Baseball é a mais antiga liga esportiva profissional dos Estados Unidos e Canadá
Reprodução: Instagram MLB
Reprodução: Instagram MLB

À medida que o modelo de receita tradicional de RSN arrefece, as equipes da MLB enfrentam desafios financeiros significativos. O presidente de operações de beisebol dos Minnesota Twins, Derek Falvey, revelou que a redução da folha salarial é iminente após a perda do contrato de direitos com a Bally Sports North, representando uma queda de $54,8 milhões na receita anual garantida para a equipe. Este aperto financeiro ocorre após o término do contrato com a Diamond Sports Group, atualmente em processo de falência.

A Diamond Sports Group, em uma declaração ao Tribunal de Falências do Distrito Sul do Texas, confirmou o término do acordo com os Twins e sugeriu que, após a temporada seguinte, estará completamente fora do cenário do beisebol. Embora não tenha divulgado publicamente quais equipes estão em risco, especula-se que Atlanta Braves, Cleveland Guardians, Detroit Tigers, Milwaukee Brewers e Texas Rangers possam enfrentar um destino semelhante.

Apesar das tentativas da MLB de encontrar soluções alternativas para Padres e Diamondbacks após as manobras de falência da Diamond, os esforços improvisados têm tido pouco impacto nas receitas das equipes afetadas. Por exemplo, os Padres, em setembro, recorreram a um empréstimo de $50 milhões para cobrir folha salarial e despesas operacionais.

Embora o comissário da MLB, Rob Manfred, tenha prometido apoiar 80% do contrato de TV de qualquer equipe após o rompimento com a Diamond, esse plano de compensação temporária não deve se estender a 2024. O desafio persistente reside no fato de que os novos acordos alternativos não conseguem compensar a perda significativa de receitas de RSN.

A situação é especialmente preocupante para os Atlanta Braves, que atualmente possuem um dos contratos de RSN mais valiosos, gerando cerca de $100 milhões anuais. Mesmo que a Diamond permaneça com os Braves em 2024, o cenário além dessa temporada é incerto. O CEO da Liberty Media, Greg Maffei, expressou confiança de que os Braves não perderão sua transmissão local na próxima temporada, mas reconheceu a necessidade de explorar alternativas para compensar a perda de receita.

A estratégia inicial dos Braves para o pós-RSN inclui um componente robusto de TV e uma plataforma de streaming por assinatura. No entanto, diante das circunstâncias desafiadoras, a capacidade de equilibrar as contas com os direitos de mídia local se torna uma das maiores incógnitas para a MLB no futuro próximo.

Compartilhe:

publicidade

Victor Boscato, 21 anos, jornalista, atua no mercado esportivo há 3 anos. Trabalhou como redator do Denarius e São Paulo Para Crianças.Trabalha na Neo Brands atualmente e atua como estagiário dessa agência de publicidade brasileira com foco em marketing esportivo.

Nota do editor: os textos, fotos, vídeos, tabelas e outros materiais iconográficos publicados no espaço “opinião” não refletem necessariamente o pensamento do Sports MKT, sendo de total responsabilidade do(s) autor(es) as informações, juízos de valor e conceitos divulgados.

POST RECENTES

Polêmica na distribuição de ingressos para a final da Liga Europa no Aviva Stadium
Brentford FC inova com tecnologia de dados em seu estádio
Stuttgart celebra modernização da MHP Arena
Umbro e Santos revelam uniformes para 2024 com homenagem à Vila Belmiro
Vasco anuncia novo uniforme para a temporada 2024 com homenagem a Roberto Dinamite
Premier League terá novas regras financeiras após votação unânime dos clubes