publicidade

Batalha de Titãs: Clubes com mais impacto digital no mundo em 2023

A Sports Value tem uma aliança estratégica com a empresa de avaliação de marca no ambiente digital Zeeng Data Driven. Sendo feita uma análise de centenas de times, ligas, patrocinadores e federações em todo o mundo.
Flamengo Real Madrid
Reprodução: Instagram Flamengo e Real Madrid. Arte: Sports MKT

Seguimos de perto a interação de mais de 2,3 bilhões de fãs nas plataformas de mídia social dos clubes, obtendo diversos insights e indicadores de desempenho. Hoje, compartilharemos uma análise abrangente do impacto digital dos times europeus e latino-americanos ao longo de todo o ano de 2023, considerando Instagram, YouTube, X e Meta. Em um futuro próximo, a plataforma da Zeeng também oferecerá análises automatizadas do TikTok.

Europa domina. Flamengo é o único não europeu nos TOP 10

A análise digital dos clubes revela que ter uma presença global e participar de ligas com fãs em todos os continentes é um fator crítico para o sucesso.

A título de exemplo, Real Madrid e Barcelona, que juntos possuem menos de 35 milhões de fãs na Espanha, superam em alcance mais de 60 clubes latino-americanos nas redes sociais.

No ranking global de interações e visualizações globais em 2023, o Real Madrid ocupa a primeira posição com 3,1 bilhões, seguido pelo Barcelona com 2,8 bilhões, Manchester United com 1,9 bilhão, Galatasaray com 1,5 bilhão, Liverpool com 1,3 bilhão e Flamengo com 891 milhões.

Ranking de views e interações globais 2023 em Milhões

1º -30º

Reprodução: SportsValue

31º – 60º

Reprodução: SportsValue

Instagram é a rede que gera mais retorno

Os dados são claros e cristalinos, o Instagram é a rede que gera mais impacto no futebol. A diferença é brutal, a rede tem uma característica de fan engagement que se mostrou extremamente aderente no futebol.

Os mercados brasileiro e argentino simplesmente bombaram no Instagram. Por exemplo, a participação do Instagram do River Plate foi de 90% para o total de interações do clube em 2023. Para o Flamengo 85%.

Ranking de interações globais- Instagram 2023- Milhões

Reprodução: SportsValue

Publicar muito faz toda a diferença

Os dados do Instagram trazem conclusões interessante. Como times menores podem crescer, lutando contra gigantes globais?

A resposta? Sendo mais eficientes. Trabalhado duro, criando mais histórias narrativas. Alguns times vêm seguindo um plano agressivo de crescimento do número de seguidores e aumento do número de postagens. Postar mais ajuda a diminuir a distância para clubes que estão muito maiores em tamanho.

Número de posts no Instagram em 2023

Reprodução: SportsValue

O melhor exemplo atual é o Manchester City, o clube que mais postou no Instagram em 2023. Outro bom caso é o Flamengo, o segundo que mais posts publicou.

Enquanto o City postou 6,2K no insta em 2023, Flamengo 5,4K, Real Madrid 3,1K e Barcelona 2,5K. Isso significa que é possível crescer buscando aumentar a carga de postagens, definida pela Zeeng como “share of voice”.

Facebook segue resistindo

Poucos mercados ainda têm o Meta (antigo Face) como fator muito importante no impacto digital como os casos de Peru, México e Colômbia.

Para o River Plate somente 5% das interações vieram do Meta para o Flamengo 3% para o Real Madrid  9%. Já para o Sporting Cristal, Atlas e Cruz Azul  47%, Toluca e Santos Laguna 53%.

Times turcos têm altas taxas de engajamento

Ao longo do tempo os gigantes turcos Galatasaray, Fenerbahçe e Besiktas mostraram grande força nas redes, superando gigantes globais, de ligas muito mais ricas.

Fomos a fundo nos números e a resposta não está no tamanho da rede dos times turcos e sim no índice de engajamento. Isso mesmo, os turcos lideram globalmente em paixão, convertida em cliques e views.

Nível de engajamento no Instagram (+2%)

Reprodução: SportsValue

Suas redes pulsam em um nível tão elevado, que seus clubes se alavancaram no digital. É hora de buscar crescer em receitas comerciais alinhadas com esse sucesso digital. Porém ainda muito aquém do seu potencial.

Reprodução: SportsValue

YouTube segue muito relevante

O YouTube aparece como segunda rede mais importante para os clubes, e tem enorme audiência, global, especialmente em países de renda mais baixa como Brasil, México, Argentina e países asiáticos.

Para os times europeus 15% do impacto vem do YouTube. Para os brasileiros 10% e latinos hispaño-hablantes 6%. Entre os que falam espanhol, o que melhor explora o YouTube atualmente são os mexicanos América e Chivas.

Views YouTube 2023- Milhões

Reprodução: SportsValue

Os brasileiros deixam muitos gigantes europeus para trás, mesmo com menos seguidores. Turcos também voam no YouTube.

Clubes brasileiros poderiam dominar o mundo digital, se fossem globais

Mercado brasileiro ainda pouco explora seu potencial mercadológico global. Enquanto as receitas de direitos de TV internacional proativamente inexistem, na Premier League representa, 53% do contrato.

O desempenho dos times brasileiros no digital gera um retorno enorme para patrocinadores e potencial alto de receitas comerciais. Mas está limitado ao gigante mercado brasileiro de 200 milhões de pessoas.  O mundo conta com 4 bilhões de fãs de futebol! Brasil representa apenas 5% disso. O problema do Brasil é a falta de uma liga, um projeto global de expansão.

Ranking de interações e seguidores no Instagram 2023

Reprodução: SportsValue

Grandes clubes como Flamengo, Corinthians, Palmeiras e São Paulo poderiam, pelos altos volumes de impacto digital atual figurar no topo dos rankings globais de engajamento.

No Instagram enquanto o Real Madrid tem 150 milhões de seguidores, Flamengo tem 19 milhões. Mas gera mais impacto, que os 44 milhões do PSG ou 65 milhões do Liverpool.

Clubes brasileiros somados subiram 16K vídeos no YouTube, que geraram 436 milhões de viiews. Somente o Liverpool, líder europeu de 2023 gerou 378 milhões de views em 1,1 k vídeos. O impacto global da marca faz toda a diferença.

Reprodução: Youtube Premier League

Clubes brasileiros com impacto doméstico, já estão entre os maiores no ambiente digital do futebol mundial. O que falta é organização interna e ambição global.

Compartilhe:

publicidade

Amir Somoggi, 48 anos, diretor da Sports Value, especializada em marketing esportivo, gestão de clubes e valuation. Administrador de empresas formado pela ESPM -SP, especializado em Gestão Esportiva pela FGV-SP e pós-graduado em marketing esportivo pela Universidade de Barcelona, Espanha. Consultor de marketing e gestão esportiva com mais de 20 anos de experiência em projetos de planejamento estratégico, estruturação de estratégias de marketing e comunicação, branding, patrocínios/ativações, ROI com patrocínios, viabilidade econômico-financeira, desenvolvimento de business plan e Valuation de clubes. Profundo estudioso da Football Industry da Europa e sua aplicabilidade ao mercado latino-americano de futebol. Foco sempre foi a disseminação de conhecimento e defesa de boas práticas de gestão corporativa no esporte brasileiro Precursor no país das análises financeiras e de marketing dos clubes, com centenas de estudos publicados no Brasil e exterior.

Nota do editor: os textos, fotos, vídeos, tabelas e outros materiais iconográficos publicados no espaço “opinião” não refletem necessariamente o pensamento do Sports MKT, sendo de total responsabilidade do(s) autor(es) as informações, juízos de valor e conceitos divulgados.

POST RECENTES

Polêmica na distribuição de ingressos para a final da Liga Europa no Aviva Stadium
Brentford FC inova com tecnologia de dados em seu estádio
Stuttgart celebra modernização da MHP Arena
Umbro e Santos revelam uniformes para 2024 com homenagem à Vila Belmiro
Vasco anuncia novo uniforme para a temporada 2024 com homenagem a Roberto Dinamite
Premier League terá novas regras financeiras após votação unânime dos clubes